Agronegócios
04/10/2019 11:38

Fórum lide/Caio Penido: ONGs modernas não podem ser descartadas e se alinham ao agronegócio


Por: Gustavo Porto

Ribeirão Preto, 4/10/2019 - O presidente do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS), Caio Penido, criticou há pouco a ausência de produtores rurais e pecuaristas brasileiros durante a Semana do Clima, realizada em Nova York, na semana passada, e defendeu o diálogo do setor com as Organizações não-governamentais (ONGs). Segundo ele, agropecuaristas deveriam ser protagonistas dos debates e na defesa da criação do mercado de crédito de carbono e de pagamentos por serviços ambientais.

“A gente deveria exigir a remuneração e o reconhecimento ao Brasil por manter 65% de vegetação nativa, 20% disso em propriedades rurais. Se não tem ninguém do agro participando, não tem voz”, disse. “E como existe um agro mais antiquado e ONGs antiquadas, temos um agro moderno e ONGs modernas que estão se alinhando. Não podemos descartar as ONGs porque elas representam a sociedade”, completou Penido, durante o 8º Fórum Lide de Agronegócios, realizado pelo Lide, em Ribeirão Preto (SP).

Contato: gustavo.porto@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos