Agronegócios
14/06/2021 15:21

Trigo/Fecoagro-RS: custo de produção em 2021 será 31,7% maior, mas relação de troca favorece produtor


Por Isadora Duarte

São Paulo, 14/06/2021 - O custo total de produção de trigo no Rio Grande do Sul deve crescer 31,74% na safra 2021, para R$ 4.305,01 por hectare, estimou a Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS). O custo operacional, valor que o produtor desembolsa para insumos e frete, tende a ter incremento de 32,48%, para R$ 3.187,02 por hectare. A safra 2021 está sendo plantada no Estado. Os dados foram divulgados pela entidade em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira.

Apesar da alta dos custos, conforme economista da entidade, Tarcísio Minetto, a relação de troca - quantidade necessária de cereal para comprar determinado volume de insumos - continua favorável para o produtor. "A alta do custo deve-se principalmente ao aumento em fertilizantes e insumos. É a melhor relação de troca desde 2014", disse Minetto.

Segundo a entidade, o número de sacas para cobrir o custo do trigo no Estado em 2021 deve diminuir 16,88%, para 51,25. Já para cobrir o custo operacional, serão necessárias 37,94 sacas (-16,41% ante 2020). O preço pago ao produtor pelo cereal aumentou 58% no período avaliado pela Fecoagro de R$ 53/saca FOB interior em 1º de junho do ano passado para R$ 84/saca em 1º de junho deste ano.

Contato: isadora.duarte@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos