Política
06/11/2018 13:59

Renan Filho: Precisamos saber qual será a ref. da previdência de Bolsonaro para nos posicionar


Brasília, 06/11/2018 - Eleitor declarado de Fernando Haddad (PT) nas últimas eleições, o governador reeleito de Alagoas, Renan Filho (MDB), evitou fazer avaliações sobre o futuro governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Ele afirmou que vai apoiar uma agenda reformista, mas aproveitou para alfinetar a equipe econômica que assumirá em 2019 ao dizer que "nem a nova equipe" sabe qual será a reforma da Previdência a ser levada adiante pelo presidente eleito.

"A gente não pode se posicionar sobre se vai apoiar ou não a reforma (da Previdência) sem saber ainda qual é. Ninguém sabe ainda qual é a reforma, nem a imprensa, e eu sinto que nem a nova equipe. Eles vão saber daqui a pouco", afirmou Renan Filho, que esteve com o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, para debater a situação da distribuidora de energia do Estado, a Ceal.

Renan Filho afirmou que é prematuro fazer qualquer prognóstico sobre como será o governo Bolsonaro e sua relação com os Estados, uma vez que o presidente eleito ainda nem concluiu a formação de sua equipe. "O importante é que o Brasil precisa cumprir uma agenda reformista, que coloque o País na trajetória do crescimento econômico e da geração de emprego, porque é isso que o cidadão está precisando", afirmou.

"Vou discutir todas as reformas e vou apoiar as reformas que possam fazer o Brasil voltar a crescer", disse. (Idiana Tomazelli)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos