Política
09/09/2019 20:36

Luciano Huck, sobre desigualdade social: se a gente não fizer nada, o País vai implodir


Por Bárbara Nascimento

São Paulo, 09/09/2019 - O apresentador Luciano Huck evitou se colocar como candidato durante evento realizado pela revista Exame nesta segunda-feira, mas deixou claro que algo precisa ser feito pela elite do País na área social. “Todos aqui (na plateia do evento) somos privilegiados, mas se a gente não fizer nada, este País vai implodir. O abismo social é gigantesco, a desigualdade social é enorme, é inaceitável”, disse a uma plateia de executivos e investidores.

Segundo ele, há uma agenda econômica em andamento que é eficiente e vai melhorar a vida de quem investe e tem recursos, mas, para melhorar a vida do povo “vai dar muito trabalho”. De acordo com Huck, é preciso discutir a mobilidade social no País, que "deixou de existir". “Nós precisamos discutir seriamente mobilidade social no Brasil. O Brasil já teve mobilidade social, não tem mais. Se você nascer pobre numa favela, a chance de morrer pobre numa favela é enorme”, disse.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos