Agronegócios
03/06/2019 16:48

Soja/Secex: exportação do complexo em maio cai 12% em volume e 24% em receita ante maio/18


São Paulo, 03/05/2019 - As exportações brasileiras do complexo soja somaram 12,427 milhões de toneladas em maio, com receita de US$ 4,397 bilhões. Em relação a igual período de 2018, os embarques caíram 12,1% em volume e 24,2% em receita. Já ante abril, o volume aumentou 6,6% e a receita, 5,2%. Os dados foram divulgados nesta tarde pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.

Além da safra menor no Brasil, a demanda chinesa vinha fraca em virtude da peste suína africana e da possibilidade de um acordo comercial com os Estados Unidos. Contudo, em maio houve um impasse nas negociações entre China e EUA e os negócios no Brasil voltaram a ganhar força, auxiliados também por preços internacionais mais altos e avanço do dólar sobre o real.

No acumulado de 2019, o Brasil já exportou 45,451 milhões de toneladas de soja em grão, farelo e óleo, 4,7% acima de igual intervalo do ano anterior. A receita obtida com as vendas externas do complexo nos cinco primeiros meses de 2019 somou US$ 16,44 bilhões, 5,3% menos do que de janeiro a maio de 2018.

As exportações do grão somaram 10,526 milhões de toneladas em maio. Na comparação com igual período de 2018, quando foram embarcados 12,353 milhões de toneladas, a queda chegou a 14,8%. A receita com as vendas externas do grão atingiu US$ 3,65 bilhões, queda de 27,0% em relação a maio do ano passado (US$ 5,0 bilhões). Na comparação com abril, quando foram embarcados 10,069 milhões de toneladas, as exportações aumentaram 4,5% em volume. Em receita, o incremento foi de 1,3% ante o total de US$ 3,60 bilhões de abril. O preço médio do produto exportado foi de US$ 346,50/tonelada, ante US$ 404,60/tonelada em maio do ano passado e US$ 357,70/tonelada em abril.

No acumulado de 2019, foram exportados 37,927 milhões de toneladas, 5,9% acima de igual período de 2018. A receita totalizou US$ 13,57 bilhões (-4,6%).

De farelo de soja, o volume exportado somou 1,648 milhão de toneladas, queda de 0,3% em relação a maio de 2018, quando o Brasil enviou ao exterior 1,652 milhão de toneladas. Ante abril, quando os embarques somaram 1,522 milhão de toneladas, houve aumento de 8,2%. A receita com a exportação em maio totalizou US$ 587,6 milhões, queda de 17,2% em relação aos US$ 709,9 milhões de igual período de 2018. Em relação ao mês anterior, quando o faturamento somou US$ 531,6 milhões, o aumento foi de 10,5%. O preço médio por tonelada ficou em US$ 356,50, ante US$ 429,50 em maio de 2018 e US$ 349,10 em abril.

No acumulado deste ano, os embarques somaram 7,014 milhões de toneladas, praticamente estáveis ante igual período de 2018. A receita somou US$ 2,54 bilhões (-6,2%).

Já em óleo de soja as exportações em maio somaram 252,6 mil toneladas, aumento de 103,9% em relação a igual mês de 2018, quando os embarques haviam totalizado 123,9 mil toneladas. Em relação a abril, quando foram embarcadas 67,3 mil toneladas, o incremento foi de 275,3%. A receita referente às vendas externas somou US$ 161,6 milhões em maio. O aumento foi de 76,6% ante igual período do ano passado, quando os recursos com a exportação haviam alcançado US$ 91,5 milhões. Na comparação com abril, quando a receita somou US$ 44,3 milhões, o aumento foi de 264,8%. O preço médio por tonelada somou US$ 639,80, ante US$ 657,90 em abril e US$ 738,50 um ano antes.

No acumulado de 2019, as exportações totalizaram 510.200 toneladas, recuo de 10,5% na comparação com os primeiros cinco meses de 2018. A receita somou US$ 332,90 milhões (-21,8%). (Leticia Pakulski - leticia.pakulski@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos