Agronegócios
30/07/2021 14:35

IBP critica mistura de 12% do biodiesel e diz que apoia introdução de novos produtos


Por Denise Luna

Rio, 30/7/2021 - O Instituto Brasileiro do Petróleo e Gás Natural (IBP), que há um ano tirou o biocombustível da formação do seu nome, criticou nesta sexta-feira a comercialização a partir de 1o de agosto da mistura de 12% do biodiesel ao diesel, defendendo que se mantenha a porcentagem de 10%,para evitar problemas nos motores.

Sem citar o diesel verde da Petrobras, o IBP afirma que apoia "a introdução ampla de novos biocombustíveis, a fim de fomentar a competição entre produtos e promover melhorias quanto à oferta,preço e qualidade". A estatal lançou o novo produto, que utiliza energia renovável, mas tem o petróleo como base, para concorrer com o biodiesel, mas ainda não conseguiu convencer as autoridades regulatórias.

Em maio deste ano, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) deu aval para o diesel verde ser enquadrado como biocombustível na substituição do diesel, mas resguardou a fatia do biodiesel na mistura obrigatória aprovada pela Lei 13.263/2016 e que previa um escalonamento até chegar em 15%.

Segundo o IBP, testes realizados não confirmam a viabilidade da utilização dos teores até 15% (B15), o que é contestado pelos produtores de biodiesel.

"A maioria dos relatórios apresentados pelas montadoras evidenciou preocupações quanto ao aumento do teor de biodiesel no diesel. Os problemas identificados e os prazos insuficientes para a realização de testes foram relatados", disse o IBP em nota.

Segundo o representante das petroleiras, teores elevados de biodiesel já provocam atualmente congelamento do produto; formação de borras em motores; paradas repentinas de caminhões; entupimentos de filtros; deterioração precoce de peças metálicas de motores dos setores agrícola, entre outros danos, "que geram aumento de custos de operação e manutenção para os usuários", afirma.

O IBP diz ainda, que o grupo de trabalho institucional que defende a redução do biodiesel representa mais de 200 mil empresas que diariamente convivem com esses problemas, e se oferece para colaborar com as autoridades "para a definição de políticas públicas que beneficiem toda a sociedade".

contato: denise.luna@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos