Política
07/02/2019 20:57

Mourão recebe CUT e diz que não haverá retirada de direitos adquiridos na Previdência


Brasília, 07/02/2019 - O vice-presidente Hamilton Mourão assegurou ao presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Wagner Freitas, e outros sindicalistas, que recebeu em seu gabinete, no Planalto, que a reforma da Previdência que o governo vai mandar para o Congresso não vai retirar direito adquirido de ninguém.

"Conversei com eles para desmistificar um pouco a questão da Previdência, de que quem tem direito não vai perder esse direito", afirmou Mourão. Questionado se não era "incomum" receber adversários tão ferrenhos ao governo, Mourão declarou: "A democracia não é isso aí, pô?"

Ao falar da Previdência, Mourão comentou que recomendou aos sindicalistas que procurassem seus representantes no Congresso para que eles apresentassem lá as suas demandas. "Eu até os alertei que eles têm que usar os representantes que ele elegeram no Congresso para que também apresentem as ideias que eles têm sobre o assunto", observou.

Mourão contou que os sindicalistas foram apresentar as suas demandas primeiro, em relação à preocupação deles com o nível de desemprego que continua alto no País, depois com o fechamento de muitos postos de trabalho, por causa do encolhimento de muitas empresas.

"Eles vieram apresentar as demandas deles em relação, em primeiro lugar, a emprego, já que eles representam a parcela dos sindicatos ligados à indústria", disse o vice, reconhecendo que "a indústria teve uma queda tremenda na sua capacidade de empregar gente, muita empresa fechou, outras colocaram gente pra fora". (Tânia Monteiro)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos