Releases
03/11/2023 14:05

Até 2028, 60% das vendas serão feitas com IA


(DINO - 03 nov, 2023) -
De acordo com estudo publicado pela Gartner em setembro, até o ano de 2028, 60% de toda a força de trabalho em vendas será ocupada por tecnologias de Inteligência Artificial (IA). Atualmente, apenas 5% das operações de vendas são feitas usando IA, segundo a Gartner.


O estudo prevê ainda que, nos próximos dois anos, 30% da comunicação com o público das grandes empresas será gerada artificialmente por tecnologias de automação. Seguindo a mesma tendência, 14% das conversas para fechamentos de negócios já serão feitas usando tecnologias de automação em computadores e dispositivos móveis.


A IA também irá ocupar mais espaço nas funções de planejamento de vendas, segundo a Gartner. De acordo com a previsão do levantamento, 14% dos planejamentos de vendas e 15% das reuniões de preparação serão feitas com inteligência artificial.


O empreendedor Ricardo Rocha acompanha a tendência da evolução da IA nas empresas e explica que “a velocidade de execução e a especialização da comunicação se tornaram fatores críticos para o sucesso das vendas”. Portanto, prossegue ele, “os negócios devem se aparelhar à inteligência e eficiência das IAs, que funcionam como ‘colaboradores digitais’ na execução”.


Segundo os dados coletados pela Gartner, as áreas que mais serão impactadas pela IA generativa serão venda guiada, gerenciamento de previsões, visualização e análise, criação de plataformas e sistemas de integração, e colaboração. “Quanto mais trabalhamos com IA, mais ela aprende e melhora sua entrega”, pontua Rocha, afirmando que processos de integração, auditoria de dados, tomada de decisão baseada em dados transacionais, geração de conteúdo, marketing e reposição de estoques “são fortíssimas candidatas a serem dominadas pelas IAs”.


A Gartner estima que a adoção de IA generativa nas empresas irá trazer mais ganhos em produtividade de vendas, representando uma oportunidade de repensar como os recursos para estratégias de go-to-marketing são alocadas. A IA é capaz de combinar dados de consumidores com criatividade própria para gerar mensagens automáticas com qualidade.


“Estamos no começo de uma nova etapa da ‘sociedade superinteligente’ e as IAs serão parte da nossa vida assim como os smartphones. O que precisamos entender é que as IAs serão nossos ‘funcionários digitais’, que vão nos auxiliar e suportar com muita eficiência e velocidade na execução das atividades”, finaliza Rocha.


Para saber mais, basta acessar ricardorocha.com.br 



Website: https://ricardorocha.com.br/
A OESP não é(são) responsável(is) por erros, incorreções, atrasos ou quaisquer decisões tomadas por seus clientes com base nos Conteúdos ora disponibilizados, bem como tais Conteúdos não representam a opinião da OESP e são de inteira responsabilidade da Dino Divulgador de Noticias Online Ltda

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso