Releases
28/02/2019 11:36

Para evitar acidentes, técnico destaca impermeabilização com produtos não inflamáveis


Nova Andradina (MS)--(DINO - 28 fev, 2019) - Há um ano, uma explosão causada durante a impermeabilização de um sofá deixou quatro pessoas feridas em Curitiba. Desde então, especialistas tem discutido sobre os melhores meios de se executar estes serviços aliando a correta conservação do móvel à segurança dentro de casa.

De acordo com o técnico Thiago dos Santos, de Nova Andradina (MS), a solução é simples: utilizar apenas produtos não inflamáveis. Há quatro anos no mercado, ele também é proprietário da Disc Clean, uma das principais empresas de blindagem e impermeabilização de estofados do interior de Mato Grosso do Sul.

"Mas não basta apenas utilizar os produtos não inflamáveis. É necessário que esses produtos tenham registro na ANVISA e, se achar necessário, o cliente pode e deve exigir que o técnico apresente o rótulo com o registro, assim como a composição química, atestando que não há inflamáveis", contou.

Outra dica está na aplicação. "Por não ser inflamável, não ocorrerão acidentes como esses, mas é muito importante que o produto seja corretamente aplicado para que os resultados esperados sejam alcançados, visto que a durabilidade deve ser de até um ano", complementou o técnico da Disc Clean.

Além de conservar o estofado protegendo contra manchas e possíveis acidentes com líquidos, a blindagem evita exposição à poeira, ácaros, bactérias e fungos, auxiliando, consequentemente, no combate a doenças respiratórias. "A blindagem retoma o viço original da peça e evita a necessidade de trocar o tecido", acrescentou.

Serviço
Para mais informações, é possível consultar a Disc Clean em Nova Andradina pelo telefone/WhatsApp (67) 99809-7979. Pelas redes sociais também é possível acompanhar a execução dos serviços por meio dos endereços: www.facebook.com/discclean e www.instagram.com/discclean1.

Website: https://www.instagram.com/discclean1/

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos