Releases
02/08/2018 16:31

Em apenas 5 anos a Cirurgia Bariátrica cresce mais de 46% no Brasil


São Paulo--(DINO - 02 ago, 2018) -
De acordo com a World Obesity Federation (WOF), doenças provocadas pela obesidade irão gerar um custo de  1,2 trilhão de dólares ao ano a partir de 2025, quando cerca de um terço da população mundial será obesa ou terá sobrepeso e possivelmente necessitarão de cuidados médicos. Somente uma ação global imediata poderá reduzir o impacto deste custo sobre a  economia futura.

No Brasil, em apenas 8 anos, este valor pode chegar a 251 bilhões de dólares e será o sexto país do mundo com os maiores gastos no tratamento de problemas causados pela obesidade e sobrepeso.  Medidas tomadas agora, que elevem os investimentos com tratamento e prevenção da obesidade trarão economia de milhões à longo prazo.

Entre outras, destaca-se nestas medidas, a cirurgia bariátrica, uma intervenção  contra a obesidade e sobrepeso, que deve ser  amplamente utilizada no combate aos gastos públicos e privados causados pela doença.

A Cirurgia Bariátrica e Metabólica é Indicada para o Obeso avançado (IMC acima de 40) ou Obeso moderado (IMC acima de 35), associado a comorbidades como diabetes, hipertensão arterial, apneia do sono e outras. O paciente deve ser estável do ponto de vista emocional e não tenha conseguido emagrecer com o tratamento clinico.

Segundo o Dr. José Rubens Arnoni Júnior, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica e fundador da Clínica Arnoni, cirurgião do aparelho digestivo e especialista em cirurgia bariátrica, o maior benefício da cirurgia bariátrica e metabólica realizada imediatamente após sua indicação, além da perda de peso, é a cura ou remissão das doenças associadas à obesidade, como diabetes tipo 2, problemas nas articulações, coluna,  hipertensão e problemas cardíacos (entre outras), diminuindo o risco de mortalidade, aumentando a longevidade e melhorando a qualidade de vida.

Para o Dr. Arnoni, existem três razões principais para realizar a cirurgia bariátrica:

1- A obesidade está associada a doenças graves, aumentando o risco de morte em até 12 vezes, e diminuindo a expectativa de vida em até 10 anos.

2- A dificuldade de emagrecer ocorre porque a obesidade é multifatorial (causas endócrinas, metabólicas, nutricionais, sociais e genéticas).

3- Com o amadurecimento da cirurgia, melhora da anestesia, dos materiais e das imagens, o índice de complicação é muito menor que o risco da própria obesidade avançada.

Antigamente a cirurgia convencional era por cortes, a videolaparoscopia foi uma grande evolução,  tendo apenas pequenas incisões, o desconforto é menor e a recuperação mais rápida.
Com a cirurgia robótica houve uma nova evolução, o cirurgião senta-se a um console com um visor 3D (na laparoscopia é de 2D) e controla as pinças conectadas no abdome do paciente que são mais elaboradas e precisas, esse é o futuro das cirurgias.

Segundo estudos de longo prazo, obesos que realizaram a cirurgia bariátrica têm, nos primeiros 10 anos após o procedimento, uma taxa de mortalidade de 50% menor em comparação com indivíduos que passaram por um tratamento médico tradicional. Os resultados foram obtidos num  estudo conduzido pela Faculdade Feinberg de Medicina da Universidade de Northwestern, nos EUA, e o Instituto de Pesquisa Clait, em Israel, que foi publicado na Revista da Associação Médica Americana (JAMA). As duas universidades possuem as maiores taxas de cirurgia bariátrica no mundo.

Um serviço organizado voltado para o tratamento da obesidade com equipe multidisciplinar, incluindo médicos, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, muitas vezes, é fundamental para o sucesso da cirurgia bariátrica que está diretamente ligado a mudança de hábitos, como a realização de atividades físicas e alimentação correta. Com o acompanhamento correto, por profissionais adequados, o paciente garantirá o sucesso da cirurgia e mudanças que o acompanharão por toda a vida.

Os governos, planos de saúde e pacientes particulares, poderão ser beneficiados com uma ação imediata no controle da obesidade, evitando riscos, diversas doenças e gastos elevados no futuro.

 

 



Website: http://www.clinicaarnoni.com.br

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos