Releases
03/11/2023 14:06

Estudo aponta tendências do mercado contábil no Brasil


(DINO - 03 nov, 2023) -
A pesquisa “O Mercado Contábil' realizada pela startup contábil HubCount em conjunto com a Linx, especialista em tecnologia para o varejo, apresentou um perfil do setor no Brasil. Divulgado no segundo semestre de 2023, o estudo abrangeu mais de 700 escritórios brasileiros, onde 70% dos entrevistados eram colaboradores em cargos de liderança, como sócio, coordenador, diretor ou gerente.


O estudo reforçou duas características do setor: a maturidade e estabilidade. Cerca de 55,4% das empresas participantes da pesquisa possuem mais de dez anos de atuação no mercado. Mas outro ponto importante observado é o número expressivo de empresas novas: 10,7% têm menos de um ano de existência, enquanto 11,5% dos escritórios atuam de um a três anos, sugerindo uma renovação do mercado.


Este panorama de renovação não surpreende João Henrique Costa, CEO da plataforma de contabilidade online Contajá, que vê um cenário onde ferramentas tecnológicas podem mudar significativamente o comportamento do mercado. “Percebe-se a abertura de um espaço para crescimento antes improvável, o que pode provocar um acúmulo de marketshare, ganho de produtividade e inclusão de novos serviços, tais como a contabilidade consultiva”, afirmou.


Transformação digital e escalonamento no setor


Um dos dados levantados pela pesquisa é sobre as regiões dos clientes atendidos pelas empresas. Ao todo, 63,59% dos escritórios contábeis entrevistados não atendem somente seu município de origem: 41,97% atendem a nível estadual, 19,87% a nível nacional e 1,75% atendem também no exterior.

Para Costa, o estudo evidencia o quanto as ferramentas tecnológicas permitiram o avanço do mercado, a partir do rompimento de fronteiras geográficas. “Ferramentas simples de comunicação e automação já proporcionam aos contadores se projetarem para diferentes regiões do estado e do Brasil”, lembrou.

De acordo com o especialista, é possível vislumbrar um novo horizonte contábil com os dados apresentados pela pesquisa. “Acredito que é o momento de extrapolarmos os dados para projetarmos a partir deles o que está por vir para o mercado de contabilidade”. Segundo Costa, os contadores cada vez mais irão buscar nas soluções tecnológicas as respostas para os problemas que vêm enfrentando: crescimento e escala. 


O uso cada vez maior da tecnologia para a oferta de serviços é reforçado quando 51,83% das empresas entrevistadas se classificam como contabilidades digitais, acompanhadas de 10,97% das empresas que se enxergam como contabilidades on-line. 


“Soluções técnicas que automatizem por completo a apuração de impostos, entrega de obrigações acessórias, folha de pagamento e demonstrativos contábeis serão frequentemente solicitadas, desde que estejam concentradas em um único ambiente, e exija pouco esforço do contador e a um preço acessível”. 


Para saber mais, basta acessar: https://contaja.com.br/



Website: https://contaja.com.br/
A OESP não é(são) responsável(is) por erros, incorreções, atrasos ou quaisquer decisões tomadas por seus clientes com base nos Conteúdos ora disponibilizados, bem como tais Conteúdos não representam a opinião da OESP e são de inteira responsabilidade da Dino Divulgador de Noticias Online Ltda

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso