Releases
22/04/2020 19:12

Dia da Tontura alerta para a segunda queixa mais frequente do ser humano


São Paulo, SP--(DINO - 20 abr, 2020) -
Em meio à pandemia do novo coronavírus, outras ações voltadas à conscientização e prevenção de doenças continuam sendo realizadas, afinal, a atenção com a saúde deve ser de forma geral, cuidando de todo o corpo. Nesse contexto, a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF) promove, em 22 de abril, o Dia da Tontura, que neste ano tem como tema: “conheça os cristais do seu labirinto”, e aborda a Vertigem Posicional Paroxística Benigna (VPPB), uma das alterações mais comuns da função do labirinto e que é responsável pela doença labiríntica mais frequente na população em geral.


A Campanha está na 3ª edição e visa difundir informações a respeito dos riscos que a tontura acarreta, as diversas limitações que ela pode impor e a importância de se procurar por ajuda especializada para que os sintomas sejam corretamente investigados. “Tontura não é uma doença e sim um sintoma que pode ser atrelado a diversos diagnósticos. As pessoas que sofrem desse incômodo podem estar com várias limitações das atividades diárias, faltas ao trabalho, quedas e até mesmo, em alguns casos, possuírem doenças graves”, alerta o Coordenador do Departamento de Otoneurologia da ABORL-CCF, Dr. Marcio Salmito.


O Coordenador da Campanha concorda que, neste momento, o combate à COVID-19 e o controle sobre a disseminação da doença é o foco principal, mas ainda assim não se pode esquecer de outros problemas de saúde que seguem acometendo milhares de pessoas diariamente. “Toda tontura deve ser investigada, ela pode afetar muito a qualidade de vida da pessoa, bem como pode ser o sinal de doenças cardiovasculares, neurológicas, nutricionais, metabólicas tumorais e até de um acidente vascular cerebral”, alerta o otorrinolaringologista.


Com a atenção de toda a classe médica voltada ao combate da COVID-19, os organizadores da Campanha focaram na importância da conscientização para a população em geral e na promoção de cursos e aulas sobre o tema para médicos otorrinolaringologistas e de outras especialidades, que serão disponibilizadas no site da ABORL-CCF e poderão ser acompanhadas a distância. “Essa é uma forma segura e eficiente de difundir o maior número possível de informações a respeito do problema. O médico referência da tontura é o otorrinolaringologista, sendo assim é imprescindível que os profissionais dessa especialidade conheçam profundamente os assuntos relacionados à otoneurologia, estando a par das mais recentes abordagens sobre o tema e indicando a seus pacientes o tratamento mais adequado, caso a caso”, finaliza Salmito.



Website: https://www.aborlccf.org.br/semanadatontura/

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos