Releases
10/01/2022 16:05

Estudo indica maior investimento em transformação digital


São Paulo--(DINO - 10 jan, 2022) -
O estudo 'Combustível digital - impulsionando a transformação e o crescimento empresarial', da KPMG, indicou que 46% dos líderes de tecnologia indagados sobre a transformação digital em suas empresas programaram crescimento no orçamento da estratégia dessa área para os próximos 12 meses, enquanto 27% procuram ao menos manter o patamar de gastos de maneira estável para o futuro.


O mesmo estudo ainda apontou que 71% dos entrevistados entendem que o investimento em transformação digital e automação colocou as empresas em questão em vantagem estratégica sobre a concorrência.


Ainda, os empresários citaram a pandemia da COVID-19 como um motivador para acelerar as etapas de transformação digital nos negócios dos mais variados portes, pela necessidade de encontrarem soluções que aumentassem a diferença para os competidores.


'Quando a COVID-19 surgiu, foi algo repentino e drástico. De uma hora para outra, empresas de todos os portes tiveram que se ajustar a novas formas de manter funcionários, clientes e fornecedores seguros e conectados remotamente. Isso envolveu acelerar o ritmo da transformação digital. Há uma confiança renovada e uma determinação para aumentar a receita, a participação no mercado e focar novos clientes', complementa Frank Meylan, líder de tecnologia, transformação digital e inovação da KPMG na América do Sul e Brasil.


SETOR DE ENERGIA


Outro estudo da KPMG, Global CEO Outlook Pulse Survey 2021, revelou que CEOs do setor de energia planejam manter os investimentos em tecnologias emergentes, com 63% deles dando prioridade à automação, 57% focando em inteligência artificial e 50% interessados na área de comunicação digital, como videoconferências e recursos de envio de mensagens.


73% dos líderes do setor de energia também reiteraram desejar desenvolver a colaboração digital e ferramentas de comunicação como resultado da pandemia da COVID-19.


Tendência para 2022


A tendência do aumento no investimento na área de automação continuará em 2022 - ao menos, é o que indica projeção da McKinsey. O levantamento aponta que 80% das organizações vão continuar ou aumentar os investimentos em automação e mais da metade de todas as empresas já tem quatro ou mais projetos de automação sendo executados no momento.


Além disso, um estudo do International Data Corporation (IDC) indica que até o ano de 2024, 25% do desenvolvimento de novos aplicativos terão como foco a substituição de atividades de funcionários por fluxos de trabalho com o auxílio de robôs de automação.


'A pandemia da COVID-19 foi um divisor de águas para o cenário da transformação digital e da automação. Nós da ElectroNeek percebemos uma procura cada vez maior por soluções de automação que incrementem o fluxo de trabalho de empresas dos mais variados tamanhos e de todos os segmentos do mercado, pois os líderes dessas empresas estão tentando se diferenciar do resto do mercado', afirma Thiago Carlucci, Head de Marketing América Latina da ElectroNeek, empresa fornecedora de software de automação RPA.



Website: https://electroneek.com/

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: