Releases
22/01/2019 15:33

Confira algumas dicas para administrar os gastos que vieram do último ano sem entrar no vermelho


Rio de Janeiro, RJ--(DINO - 22 jan, 2019) - Confira algumas dicas para administrar os gastos que vieram do último ano sem entrar no vermelho

O final do ano já passou, e mais certo do que a rabanada e aquelas piadas repetidas do seu tio, as contas e os aumentos de gastos são coisas inevitáveis. IPTU, IPVA, material escolar, presentes, férias e outros itens podem comprometer sua vida financeira por um ano inteiro, com dívidas que rolam por meses e sem data para acabar. Será que tem como fugir disso? Hoje vamos dar algumas dicas de como organizar suas finanças para entrar 2019 no azul!



Vá direto ao ponto:
1. Liste todos os seus prováveis gastos durante 2019
2. Controle os gastos que não são urgentes
3. Use o décimo terceiro de forma estratégica
4. Parcelar ou pagar à vista?
5. Livre-se das dívidas

Liste todos os seus prováveis gastos durante 2019

O primeiro passo para organizar bem todos os gastos é colocá-los na ponta do papel. Faça isso não só para os gastos do fim e começo de ano, mas mês a mês até o final do ano que vai começar. Veja também o seu rendimento mensal e o que você consegue pagar agora e o que você deseja parcelar, já observando se compromete seus meses futuros.

Controle os gastos que não são urgentes

Sabemos que o final do ano é repleto de tentações para gastarmos cada vez mais dinheiro. Às vezes, os gastos que fazemos no final do ano, atrapalham e muito o próximo ano. É aquela hora que temos vontade de comprarmos um celular novo, uma televisão mais moderna, roupas mais atuais e por aí vai. A dica é segurar um pouco e fazer essas compras um pouco mais para frente. Em meses em que seus gastos naturalmente vão ser muito maiores, não há muito sentido em escolhê-los justamente para gastar ainda mais.

Use o décimo terceiro de forma estratégica

Ao mesmo tempo que os gastos aumentam muito, os assalariados também recebem o décimo terceiro, que pode ser um refresco nessa hora. Mas não adianta usar esse benefício gastando com alguns itens supérfluos e deixar as contas sem pagamento, o que pode gerar dívidas que podem rolar por meses. Pense bem, o décimo terceiro é o seu coringa nesse período.

Parcelar ou pagar à vista?

Uma dúvida que fica no ar nessa época é até que ponto é melhor pagar à vista e quando pode ser uma ótima parcelar alguns gastos. É comum aquela máxima: se puder pagar à vista, pague. Mas nem sempre isso é possível. Em um período com diversos gastos pode ser impossível pagar absolutamente tudo de uma única vez. Nesse caso, é preciso escolher quais itens podem ser parcelados. Em primeiro lugar, observe se há algum desconto em algum dos pagamentos a serem feitos. Em segundo, observe os juros das opções que você tem, evitando parcelar aquelas que vão gerar débitos maiores para o futuro.

Livre-se das dívidas

Apesar dos inúmeros gastos comuns nessa época, é preciso ter em mente que as dívidas devem ser sempre a prioridade. Elas não vão desaparecer, muito pelo contrário, vão apenas acumular e bagunçar a sua vida financeira a longo prazo. Ao colocar tudo na ponta do papel, resolva primeiramente como você pagará as suas contas, e só aí verifique o que você pode fazer com relação a presentes, férias e outros gastos.

Fique atento, se planeje, estude cada gasto e entre 2019 no azul, e quem sabe já fazendo planos para os anos seguintes.

Gostou das nossas dicas? Que tal organizar ainda mais a sua vida financeira e pensar em sonhos para o futuro? Descubra como construir um patrimônio tendo pouco dinheiro .


Website: https://www.turnwise.com.br/

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos