Releases
17/05/2018 12:54

Dor nas costas: entenda como esse problema tem afetado crianças também


São Paulo--(DINO - 17 mai, 2018) - Quem é adulto sabe bem o que é sofrer com uma dor nas costas, em pelo menos algum episódio na vida. Mas devemos ficar atentos aos nossos filhos, pois a dor nas costas na infância pode se transformar em dor crônica mais tarde na vida.

Isso foi demonstrado num estudo realizado no Departamento de Esporte e Biomecânica da Universidade do Sul da Dinamarca, onde aproximadamente 1400 estudantes de 8 a 15 anos participaram de um curso de 3 anos, e quem comenta este estudo é a nutricionista e escritora do livro "adeus dor nas costas", Angela Faustin.

Durante esse período, os pais dos alunos relataram semanalmente as dores nas costas sentidas por seus filhos. O resultado mostrou que metade dos alunos sofreu de dores nas costas em algum momento durante os três anos em que o estudo foi realizado. Um grupo menor sofria de dor por mais da metade do tempo.

Angela diz que esses resultados são alarmantes porque as crianças que sofrem de dor nas costas durante a infância têm um risco muito maior de ter problemas nas costas em suas vidas adultas trazendo grandes custos sociais e econômicos para o indivíduo.

Os pesquisadores por trás deste mesmo estudo descobriram que esse número de incidentes que eles relataram sentir na região lombar e pelve, foi maior inclusive que relatos de episódios de dor de garganta.

Entre os fatores estão: mochilas pesadas, excesso de celular e tablets, má postura e sem dúvidas a nutricionista aponta para a má alimentação.

Não é nenhum segredo que a alimentação correta previne doenças não só como obesidade, doenças cardíacas e diabetes, mas também inflamações na coluna entre outras doenças.

Portanto para prevenir e tratar a dor nas costas em crianças e adultos, é necessário além de ter bons hábitos, se exercitar e se alongar escolher os alimentos que promovem uma boa saúde da coluna.

Alimentos que auxiliam a combater dor nas costas:
- Cereja. Um estudo mostrou que tomar 350 ml de suco de cereja azeda, duas vezes por dia, durante oito dias, reduz a dor e a tensão muscular. Cerejas azedas frescas ou enlatadas também ajudam.
- Azeite.
- Salmão em lata, sardinhas enlatadas em água ou azeite, cavala, atum-branco, sementes de linhaça e nozes. Todos são ótimas fontes de ácidos graxos e ômega-3.

- Proteína vegetal. A soja é uma ótima opção.
- Hortaliças e frutas de todas as cores,as enlatadas ou congeladas também, desde que não sejam em calda nem cheias de sal.
- Todos os tipos de castanhas e amêndoas.
- Chá-verde.
- Gengibre. Tente fazer um chá com pedacinho ralado da raiz em água fervente.

Alimentos que devem ser evitados por quem tem dor nas costas:
- Alguns óleos vegetais como os de milho, açafrão, girassol, algodão e óleos "mistos".
- Margarina e gordura vegetal.
- Alimentos industrializados.
- Produtos que contenham xarope de milho rico em frutose.
- Alimentos ricos em gordura saturada, como carne, óleos tropicais e leite do tipo integral.
- Alimentos que contenham gordura trans.

E para saber exatamente como se alimentar durantes crises de dor nas costas e como ter hábitos saudáveis basta digitar "adeus dor nas costas" de Angela Faustin em seu navegador.

Informações de Contato:
Nome: Dra. Angela Maria Faustin de Jesus - CRN-8 11109
E-mail: suporte@ganheisaude.com.br
Telefone e WhatsApp: (043) 99157-8675

Website: https://ganheisaude.com.br/dor-nas-costas2/

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos