Releases
19/04/2022 16:56

Hábitos de consumo mudam e brasileiros preferem comprar livros pela internet


(DINO - 19 abr, 2022) -
No último mês, completaram-se dois anos de pandemia, um período de grande transformação social, econômica e comportamental no mundo. De 2020 a 2021, com as restrições de deslocamento, tanto o consumidor quanto o comércio precisaram se adaptar para as compras virtuais e o atendimento on-line, isso é o que aponta a pesquisa realizada pela ConQuist Consultoria. O levantamento revelou que mais de 71% dos brasileiros preferiram adquirir produtos pela internet após o início da crise sanitária.


Anteriormente, ir ao supermercado, às lojas de vestuário ou até mesmo ao cinema, eram opções disponíveis para as pessoas. Contudo, a pandemia modificou drasticamente os hábitos de consumo, impulsionando o fortalecimento dos e-commerces. De acordo com o estudo desenvolvido pela EY Parthenon e divulgado pela VEJA INSIGHTS, no primeiro ano de pandemia, uma das maiores preocupações dos brasileiros era usar meios on-line para realizar suas compras, sem haver qualquer contato físico ou necessidade de pagamento em dinheiro. Além da atenção com a saúde, a opção pelo digital deu a oportunidade de comparação de preços e consequente economia. Essa mudança se aplicou a muitos setores, inclusive ao mercado editorial.


Segundo o relatório de Pesquisa de Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro (PeV), desenvolvido pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) e parceiros, a participação das livrarias exclusivamente virtuais no faturamento das editoras registrou crescimento de 84% em 2020, uma tendência que aponta para um crescimento ainda maior para os varejistas como Amazon e Submarino.


Por isso, as editoras visualizaram uma oportunidade de ascensão do mercado livreiro virtual. Esse foi o caso da Adotando a Leitura, empresa focada na publicação de obras para o público infantil cristão. “Após uma pesquisa de mercado, entendemos que a comercialização pelos principais marketplaces seria o ideal para o nosso modelo de negócio. Mesmo que muitas pessoas prefiram ir a uma livraria física, as vantagens de comprar on-line de acordo com as pesquisas, são inúmeras e acabam conquistando até mesmo os consumidores mais tradicionais. Assim, finalizamos 2021 vendendo apenas pelos marketplaces”, finaliza Thais R. Croitor, diretora e escritora na Adotando a Leitura.



Website: http://www.adotandoaleitura.com.br

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: