Releases
14/01/2019 21:44

93% dos doadores aderem à campanha viral Border Wall GoFundMe


WASHINGTON--(BUSINESS WIRE-DINO - 14 jan, 2019) -
Em resposta às manchetes enganosas da imprensa sugerindo que a campanha viral Border Wall GoFundMe, lançada pelo veterano com tripla amputação, Brian Kolfage, já tinha se encerrado e que todo o dinheiro havia sido reembolsado, a We Build the Wall Inc. divulgou dados fornecidos pela GoFundMe em 14 de janeiro de 2019 às 10h30 (horário do leste dos EUA e Canadá). A We Build the Wall Inc. transmitirá atualizações diárias do número de adesões e recusas recebido da GoFundMe e as disponibilizará no endereço webuildthewall.us e nas mídias sociais.

"Os boatos sobre nosso fim foram muito exagerados", afirmou Brian Kolfage em uma declaração. "Nossa equipe está entusiasmada com a resposta positiva recebida de nossos doadores, apesar das tentativas da mídia de confundir a situação. Antes de anunciar o novo plano, eu trabalhei ao lado da GoFundMe para assegurar que ofereceríamos aos doadores originais um processo justo de aprovação do novo plano que honre o espírito de divulgação, total transparência e ética comercial geral da We Build the Wall Inc."

Das 131.230 respostas recebidas, 121.900 ou 93,6% refletiam a decisão de aderir ao novo plano. Apenas 8.330 ou 6,3% optaram por receber um reembolso imediato. Esse total de respostas representa 40% dos 324.144 colaboradores originais que solicitaram fornecer seu consentimento de adesão até 90 dias após 11 de janeiro de 2019.

Kolfage e a We Build the Wall Inc. se mantêm em boa posição com a GoFundMe e seguem utilizando a plataforma www.gofundme.com/thetrumpwall para arrecadar mais recursos com a meta de alcançar um valor superior a um bilhão de dólares. Todas as novas contribuições recebidas em www.gofundme.com/thetrumpwall após a atualização de 11 de janeiro de 2019 às 14h (horário do leste dos EUA e Canadá) NÃO estarão sujeitas às exigências de adesão.

"Mais de um terço de nossos doadores já aderiram ao novo plano nas primeiras 48 horas", comentou Kris Kobach, membro do conselho consultivo da We Build the Wall e ex-secretário de Estado do Kansas. "Ainda temos muito trabalho a fazer, mas estamos confiantes de que, ao levarmos nosso plano adiante, o ritmo de adesões vai aumentar cada vez mais."

A We Build the Wall Inc. também recebeu cerca de 3.500 verificações adicionais, que estão sendo processadas neste momento por um prestador de serviços vinculado e garantido por seguro. Os doadores estão sendo atualizados sobre a nova da situação por via postal e informados sobre a opção de receber um reembolso integral ou aderiràWe Build the Wall.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Videos:
https://mms.businesswire.com/media/20190114005844/pt/700476/19/We_Build_the_Wall_Opt-In_MP4.mp4 Contato:
Jennifer Lawrence

media@webuildthewall.us

Celular: +1 (845) 800-1552

Fonte: BUSINESS WIRE

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: