Agência Minera Brasil
14/06/2024 06:00

Australiana Equinox expande projeto de terras raras em Minas Gerais




A Equinox Resources anunciou a expansão de sua área de pesquisa do projeto de terras raras (REE) Mata da Corda, em Minas Gerais. Segundo a júnior australiana, o projeto agora tem quase 1.000 km2.


A Equinox espera resultados de amostra do projeto para julho e já planeja perfuração inaugural em suas áreas de Mata da Corda. A companhia informou que os resultados dos ensaios de amostras de argila superficial e argila do canal na Mata da Corda retornaram graus REE excepcionalmente altos , com mais de 10 km2 da área do projeto amostrados retornando 2.000 ppm de óxidos de terras raras totais (TREO).

No entanto, de acordo com a Equinox esse resultado não é nada comparado com amostras das áreas recentemente expandidas do projeto, onde foram requeridos na Agência Nacional de Mineração (ANM) 127,80 km2 adicionais adjacentes ao prospecto Chumbo, em Mata da Corda, que recentemente devolveu concentrações excepcionalmente elevadas de amostras superficiais de REEs, que posiciona a empresa para o sucesso contínuo da exploração no Brasil.
A Equinox disse que mais amostras foram enviadas para análise de laboratório, com resultados esperados em julho. A empresa afirma que as amostras ajudarão a definir os alvos de perfuração para o programa de perfuração inaugural planejado.
Aposta no potencial do Brasil
Além de Mata da Corda, a Equinox está tocando o projeto de nióbio Canastra, que abrange área de 606,2 km², situado na Província Ígnea do Alto Paranaíba, rica em nióbio, entre Araxá e Patrocínio também em Minas Gerais e o projeto Campo Grande de REE, na Bahia, na região de Jequié, onde adquiriu uma área de 1.755,2 km², onde a empresa já iniciou sondagem.

i----
ARQUIVO=equinox_cegas.docx DESTINO='MEDIALAB' FUNCAO='THUMBNAIL' f----



A OESP não é(são) responsável(is) por erros, incorreções, atrasos ou quaisquer decisões tomadas por seus clientes com base nos Conteúdos ora disponibilizados, bem como tais Conteúdos não representam a opinião da OESP e são de inteira responsabilidade da WP Comunicação LTDA
Para ver esta notícia sem o delay contrate um dos produtos Broadcast e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso