Releases
22/01/2019 17:14

Advogados utilizam Lawtech de Inteligência Artificial para conhecer tendências e orientar estratégias jurídicas


São Paulo--(DINO - 22 jan, 2019) -
A Justiça Brasileira tem números que impressionam. Segundo o relatório justiça em números de 2018 elaborado pelo Conselho Nacional da Justiça - CNJ, no ano de 2017, o judiciário movimentou 29,1 milhões de casos novos, 31 milhões de processos baixados, 80,1 milhões de casos pendentes e 14,5 milhões de processos suspensos distribuídos em um total de 15.398 unidades judiciárias. De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação - IBPT, 76% das ações judiciais em trâmite no Brasil possuem empresas no polo, as quais gastam cerca de 2% de sua receita com ações judiciais.

Esse grande volume de ações é distribuído para juízes, desembargadores e ministros do Brasil inteiro. Seja por conta de cultura regional, interpretação e outros fatores, não é novidade que, para além do mérito, a mesma ação pode ter resultados diversos ao ser julgada por juízes diferentes. Como, então, saber a performance das empresas nessas ações e qual tipo de ação tem a tendência de ganhar ou perder?

Focado nessa ideia, contando com atendimento em todo o território nacional, as advogadas Vanessa Louzada e Rosely Cruz, os engenheiros Raul Figueiredo e Ricardo Rezende, e a publicitária Isabela Ventura, lançaram em 2018 a Lawtech Deep Legal.

A startup jurídica, através do seu poderoso analytics, promete ajudar os escritórios e departamentos jurídicos das empresas a conhecer e tomar melhores decisões com relação à sua carteira jurídica, através dos seus dados, de maneira eficiente e estratégica, utilizando jurimetria e analytics, por meio de avançadas técnicas de Inteligência Artificial, que vão desde a Aprendizagem Automática (Machine Learning) até aos Serviços Cognitivos, entregando inovação e vantagens competitivas para o universo jurídico. 

“Queremos dar transparência e capacitar nosso cliente a entender sua posição legal como nunca antes. Coletamos e analisamos os dados através da tecnologia e implementamos algorítimos inteligentes com métodos estatísticos para dar condições mais assertivas e estratégicas nas tomadas de decisões. Por exemplo, existe uma variabilidade nas decisões judiciais em 13 vezes quando se trata de Juiz e em 12 vezes quando se trata de advogados de defesa. Há muita oportunidade para novos insights.” diz a CEO Vanessa Vilarino Louzada.

As novidades disponíveis para contratação são o Monitor que monitora o desempenho absoluto de uma empresa desde a distribuição do processo até seu encerramento. O Compare que faz um Beach Marketing de uma empresa em relação ao mercado. E o Predict que prevê os resultados mais prováveis ??das ações judiciais. A ferramenta é online, atualizada automaticamente de acordo com a movimentação da carteira de processos, com a possibilidade de realizar filtros, exportar os dados e com o plus no recebimento de alertas de processos novos e encerrados.

“Necessitamos desse tipo de informação qualificada para complementar nossas análises e dar uma visão mais ampla nas tomadas de decisão” comenta a cliente e advogada Dra. Alessandra Garcia.

O serviço está disponível para advogados de escritórios e departamentos jurídicos. É cobrado por assinatura mensal a depender do número de processos consultados. E já nas primeiras semanas de utilização é possível estar ciente dos processos novos que estão entrando, base ativa da carteira, comparação de performance, melhor atuação de escritórios, processos com chance de perder ou ganhar.

“Além de ter uma visão geral da carteira, utilizamos a ferramenta no gerenciamento de riscos, auxiliando a redução de custos legais relacionados. O ganho é imediato.” declara o Dr. Heraldi Junior, um dos clientes da empresa.

A ferramenta é evolutiva e tem oferecido novidades mensais com base nos feedbacks dos clientes com foco na disrupção. Em Janeiro de 2019, o Deep Legal abriu a plataforma para os interessados um trial de 15 dias, apostando na capacidade de transparência que faz parte do propósito da empresa. Para essa degustação, basta solicitar o acesso através do site e conferir essa inovação que promete revolucionar paradigmas do mercado jurídico.

Para conferir o teste acesse: https://www.deeplegal.com.br



Website: https://www.deeplegal.com.br/

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos