Releases
04/07/2018 09:47

Tabela de empresas qualificadas é publicada pelo PSQ de Portas e Janelas de Correr de Alumínio


SAO PAULO--(DINO - 04 jul, 2018) -
São Paulo, 02 de julho de 2018 - Agora é oficial: o Relatório Setorial nº 001, de junho de 2018 já está publicado no site do Ministério das Cidades e aponta a primeira relação de fabricantes de esquadrias de alumínio qualificados.  O relatório vale de 1º de julho a 1º de outubro de 2018. A tabela de fabricantes de esquadrias de alumínio qualificados é uma importante referência para as construtoras, indústria, varejo e consumidor final que, pois aponta as empresas que efetivamente se preocupam com a qualidade dos produtos que colocam no mercado.

Um ano após a oficialização do programa por parte do Ministério das Cidades, a AFEAL – Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio, mantenedora do programa e a ABAL – Associação Brasileira do Alumínio, coparticipante, anunciam ao mercado a primeira lista de empresas classificadas como qualificadas atendendo a todas as normas necessárias e estabelecidas para garantir total qualidade e segurança do usuário.

“Nesta primeira etapa, nosso PSQ avaliou especialmente os sistemistas e os fabricantes de esquadrias de alumínio que possuem seus próprios sistemas. As homologações abrem as portas para a participação dos fabricantes de esquadrias de alumínio que utilizam estes sistemas. Todas estas ações visam garantir que as portas e a janelas de alumínio, comercializadas em todo o Brasil, propiciem a segurança, a durabilidade e o conforto esperados pelos usuários”, explica Antônio Antunes, presidente da AFEAL.

De acordo com Milton Rego, presidente-executivo da ABAL, a divulgação da tabela é um passo importante para a consolidação desde programa que pretende esclarecer o consumidor e auxiliá-lo na escolha das melhores portas e janelas de alumínio. “Tenho certeza de que todo o esforço empreendido pelos agentes envolvidos, incluindo nossas associadas, trará mais competitividade para a indústria nacional do alumínio e segurança aos brasileiros”, conclui o presidente.

Para Alberto Cordeiro, vice-presidente de Qualidade da AFEAL, a publicação da tabela é um momento muito importante do programa, que cada vez mais ganha vida e reconhecimento. “Nosso objetivo final de organização setorial e combate à não-conformidade está cada vez mais avançando. Foi um trabalho árduo, desde a formatação do programa, o apoio do Ministério das Cidades, o início dos testes, a adesão das empresas. Ainda temos um longo trabalho pela frente, mas temos certeza de que o envolvimento de toda a cadeia produtiva, inclusive com a participação da ABAL, extrusoras, sistemistas, fabricantes de componentes, fabricantes de esquadrias e de todos que acreditam em nivelar nosso produto por cima é o que nos ajudou a chegar até aqui. Estamos muito felizes e com um horizonte imenso de trabalho pela frente”, afirma.

Repercussão no mercado

A publicação da primeira tabela de fabricantes de esquadrias de alumínio qualificados pelo PSQ é um marco e certamente ganha o reconhecimento dos diversos setores envolvidos, que aguardavam a lista de qualificados.

“Para a indústria da construção, é bastante relevante a iniciativa da AFEAL com a publicação da primeira lista de empresas qualificadas pelo Programa Setorial de Qualidade de Portas e Janelas de Correr de alumínio. Trata-se de uma importante ferramenta para o atendimento dos confortos acústico e térmico, exigidos pela Norma de Desempenho de Edificações. Beneficiam-se os usuários de imóveis e o setor da construção!”, afirma José Romeu Ferraz Neto, Presidente do SindusCon-SP.

“A Anamaco valoriza o Programa Setorial de Qualidade pela proposta de trazer para toda a cadeia produtiva, uma legitimidade acerca dos produtos comercializados pelo setor. Ao representar os comerciantes de material de construção, é nosso dever orientá-los para que todos os estabelecimentos comercializem apenas as mercadorias com qualidade atestada pelos PSQs, reduzindo possíveis falhas que o cliente final possa encontrar.  Chegou a hora de reconhecer as empresas que trabalham com qualidade, correspondendo às expectativas ao oferecer o melhor produto possível”, diz Cláudio Elias Conz, presidente da Anamaco – Associação Nacional dos Comerciantes de Materiais de Construção.

“A melhoria contínua das esquadrias de alumínio indica o caminho evolutivo do mercado como um todo, incluindo a capacitação das pessoas e das empresas e a evolução dos materiais e sistemas de esquadrias, com isso o PSQ tem papel protagonista indicando processos e ensaios que irão assegurar ao consumidor um produto de qualidade comprovada dando assim maior credibilidade para o setor”, explica Crescêncio Petrucci Júnior, consultor em esquadrias.

"A ABRAINC apoia e recebe com grande satisfação a notícia da publicação no site do Ministério das Cidades da lista de empresas qualificadas pelo Programa Setorial de Qualidade de Portas e Janelas de Correr de Alumínio, desenvolvido pela AFEAL– Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio. Trata-se de ação de grande importância ao combate à produção em não-conformidade com as Normas Técnicas, propiciando um ambiente de isonomia competitiva, fomentando aumento dos padrões de produtividade e redução de custos”, afirmou Luiz Antonio França, presidente da ABRAINC, Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias.

Entenda o relatório

Os produtos avaliados foram as janelas de correr de alumínio para dormitórios e salas com duas folhas de vidro com dimensões máximas de 1,2m x 1,5m e vidro na menor espessura de comercialização daquele sistema de perfis; as janelas de correr de alumínio para dormitórios e salas com três folhas com veneziana, de dimensões máximas de 1,2m a 1,5m e vidro na menor espessura de comercialização daquele sistema de perfis; e, por fim, as janelas de correr de alumínio para dormitórios e salas com duas folhas de vidro e persiana integrada, de dimensões máximas também de 1,2m x 1,5m com vidro na menor espessura para comercialização.

Entre os ensaios realizados, foram feitos testes de permeabilidade ao ar, estanqueidade à água, resistência a cargas distribuídas, verificação de resistência ao esforço horizontal, à flexão da esquadria e sob ações repetidas de abertura e fechamento. Também foram realizados testes de especificações dos perfis, tratamentos de anodização e pintura, bem como testes nas roldanas, fechos, parafusos, gaxetas e escovas.

Foram avaliadas 92 amostras, referentes a 11 linhas diferentes de esquadrias de 4 empresas sistemistas, totalizando 122 ensaios de avaliação de janelas, 86 de avaliação de perfis e 61 de componentes.

A relação de empresas fabricantes multissistemas, aqueles que, para cada obra, oferecem portas e janelas utilizando um sistema específico e não fornecem sistematicamente esquadrias fabricadas a partir das mesmas linhas de perfis, também aparece no relatório setorial. O relatório completo pode ser acessado neste link.

Diversas outras empresas já estão em processo de ensaio e poderão sair na próxima tabela de qualificados. Para mais informações sobre como participar, entre em contato com a AFEAL pelo telefone 11 3221-7144.



Website: http://pbqp-h.cidades.gov.br/projetos_simac_psqs2.php?id_psq=118

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos