PR Newswire Esportes
14/06/2024 14:13

Infecções constantes podem indicar imunodeficiência primária e a CSL Behring promove campanha de conscientização


Iniciativa contempla um evento sobre o tema, com especialistas da área, e ações de comunicação em diferentes plataformas com informações da doença


CSL Behring promove campanha de conscientização sobre imunodeficiência primária com evento e ações nas redes sociais DIVULGAÇÃO


SÃO PAULO, 14 de junho de 2024 /PRNewswire/ -- O clima frio do inverno é marcado pelo aumento na proliferação de microrganismos e, com isso, a alta de infecções respiratórias como gripes e resfriados - que impactam o cotidiano e, muitas vezes, levam pessoas ao atendimento hospitalar. No entanto, é preciso estar atento quando esses quadros infecciosos ocorrem durante o ano inteiro de forma recorrente, exigem o uso constante de antibiótico ou internações. Esse pode ser um sinal da imunodeficiência primária (IDP3 ou EII, sigla de erro inato de imunidade), popularmente conhecida como "imunidade baixa", e a CSL Behring, empresa líder global em biotecnologia, promove uma campanha de conscientização sobre essa condição com ações de comunicação em diferentes plataformas e um evento com especialistas da área no IG Experts 2024.


O objetivo principal da iniciativa é o de incentivar o diagnóstico precoce e correto, bem como o tratamento adequado da IDP. No Brasil, estima-se que apenas 10% das pessoas que convivem com a doença foram devidamente diagnosticadas, de acordo com dados da Sociedade Latino-americana de Imunologia (Lasid)¹²³. "A jornada do paciente costuma ser longa até a identificação da enfermidade. Como ela se manifesta por meio de infecções que se repetem, é difícil identificar o problema como IDP sem a ajuda de um imunologista, por isso é importante promover campanhas de conscientização tanto para profissionais de saúde como para população em geral", afirma a médica Carolina Aranda, professora doutora da disciplina de alergia, imunologia clínica e reumatologia na Unifesp.


Como explica a docente, a imunodeficiência primária é representada por defeitos genéticos que afetam partes do sistema imunológico, aumentando a probabilidade de desenvolver doenças consideradas comuns e de forma recorrente, como otites, pneumonia e sinusites, além de infecções graves ou raras. Atualmente, são conhecidos mais de 485 defeitos genéticos4 ligados às IDPs, com prevalências que variam ao redor do mundo e de acordo com cada indivíduo. O principal avanço do tratamento dessa condição é o tratamento de reposição de imunoglobulina, o que modificou tanto o quadro de morbidade quanto o de mortalidade da doença, assim como a evolução nos transplantes de medula óssea.


Para a presidente da associação Eu Luto pela Imuno Brasil (ELPIB), Michele dos Santos, a aliança é importante para proporcionar à população o apoio necessário para a identificação e cuidados adequados da IDP. "Ainda nos dias de hoje, os pacientes têm dificuldade em diagnóstico e em encontrar opções do mercado compatíveis com suas necessidades. Precisamos trabalhar para a conscientização de que a imunodeficiência primária está na realidade de uma população muito grande e necessidade de diversos acompanhamentos e cuidados para a qualidade de vida", afirma Michele, que tem um filho que convive com essa condição.


Para Ana Claudia Guersoni, diretora médica da CSL Behring no Brasil, a campanha, que também promove informações pertinentes sobre o tema nas redes sociais e outras plataformas digitais, tem o poder de fortalecer a rede de apoio de pacientes. "Nosso objetivo é chamar a atenção tanto do público leigo como dos médicos não especialistas sobre os sinais e sintomas das imunodeficiências e, com isso, melhorar a jornada do paciente que atualmente é muito longa e sofrida", afirma.


"É necessário chamar a atenção de profissionais da saúde para esse tema, para lembrá-los que essa condição está presente na vida de muitas pessoas. As imunodeficiências têm tratamento disponível tanto pelo SUS como no sistema privado de saúde. Quanto antes diagnosticada e tratada adequadamente, menores são os riscos de comorbidades e sequelas associadas à IDP", alerta. "Uma das missões da CSL Behring é ter o foco no paciente. Dessa maneira, temos o dever de conscientizar a população geral sobre os principais sintomas. No Brasil, temos atuado em educação médico-cientifica junto à comunidade médica, bem como investimos em pesquisas referentes a triagens de oportunidade com o objetivo de melhorar o diagnóstico das imunodeficiências primárias", afirma Ana Claudia.


Referencias:


1 - CIA world factbook (2023). Disponível em: https://www.cia.gov/the-world-factbook/countries. Acessado em Junho/24


2 - Global incidence of PID. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7258797. Acessado em Junho/24.


3 - Condino-Neto A. The relevance of collaborative work: the Latin American Society for Immunodeficiencies (LASID) registry model. Clin Exp Immunol. 2014 Dec;178 Suppl 1(Suppl 1):16-7. doi: 10.1111/cei.12495. PMID: 25546746; PMCID: PMC4285475


4 - Imunodeficiências primárias (ou erros inatos da imunidade) para o não especialista. Ekaterini SimõesGoudouris, Maria Luiza Oliva-Alonso; ASBAI-RJ; Nov/2023. Disponível em: https://asbai.org.br/imunodeficiencias-primarias-ou-erros-inatos-da-imunidade-para-nao-especialistas. Acessado em Junho/2024.


Sobre a CSL Behring


A CSL Behring é líder global em biotecnologia, movida pela promessa de salvar vidas. Focada em atender às necessidades dos pacientes utilizando as mais recentes tecnologias, a companhia pesquisa, desenvolve e oferece terapias inovadoras para pessoas que vivem com condições de saúde nas áreas terapêuticas de imunologia, hematologia, cardiometabólica, respiratória e transplantes. A CSL Behring utiliza três plataformas científicas estratégicas: fracionamento de plasma, tecnologia de proteínas recombinantes e terapia  gênica para constantemente apoiar a  inovação e  aperfeiçoar as maneiras pelas quais os produtos podem atender às demandas médicas, ajudando  pacientes a levarem uma vida plena.


A CSL Behring opera uma das maiores redes de coleta de plasma do mundo, a CSL Plasma. Nossa empresa matriz, CSL (ASX; USOTC), com sede em Melbourne, Austrália, emprega 32.000 pessoas e entrega suas terapias que salvam vidas a pessoas em mais de 100 países. Para histórias inspiradoras sobre a promessa da biotecnologia, visite o nosso site e siga-nos no Twitter.


Foto - https://mma.prnewswire.com/media/2439293/CSL.jpg

Cision View original content to download multimedia:https://www.prnewswire.com/br/comunicados-para-a-imprensa/infeccoes-constantes-podem-indicar-imunodeficiencia-primaria-e-a-csl-behring-promove-campanha-de-conscientizacao-302173299.html


FONTE CSL Behring



A OESP não é(são) responsável(is) por erros, incorreções, atrasos ou quaisquer decisões tomadas por seus clientes com base nos Conteúdos ora disponibilizados, bem como tais Conteúdos não representam a opinião da OESP e são de inteira responsabilidade da PR Newswire Ltda

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso