Política
25/11/2021 08:53

Eleições 2022: Mandetta desiste de concorrer à Presidência, mas União Brasil terá candidato


Por Bruno Luiz

Salvador, 24/11/2021 - O presidente do União Brasil, Luciano Bivar, anunciou que o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta abriu mão do plano de se lançar candidato à Presidência da República em 2022 e vai disputar uma vaga no Congresso por Mato Grosso do Sul. Apesar da desistência, o partido, fruto da fusão entre DEM e PSL, mantém a decisão de ter nome próprio na disputa pelo Palácio do Planalto.

Mandetta comunicou que vai abdicar da candidatura em reunião nesta terça-feira (23) com a cúpula do União Brasil, mas ainda não decidiu se vai concorrer à Câmara dos Deputados, onde exerceu mandatos entre 2011 e 2018, ou ao Senado. O ex-ministro era o remanescente entre as opções do partido para 2022 - o apresentador José Luiz Datena e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, também aventados, deixaram a sigla e se filiaram ao PSD.

A candidatura presidencial de Mandetta vinha sendo cogitada desde que ele deixou o comando do Ministério da Saúde, em abril do ano passado. Ele ganhou projeção nacional devido ao trabalho no combate à pandemia, quando entrou em atrito com Jair Bolsonaro por discordar de medidas propostas pelo presidente para enfrentar a crise sanitária.

Segundo Bivar, mesmo sem Mandetta, a legenda possui quadros que podem disputar a eleição presidencial. Sobre quem seriam esses nomes, no entanto, ele fez mistério. “A gente tem nomes, mas eu não posso revelar. Aquele que quer ser candidato requer um sacerdócio, um trabalho muito grande de doação, de provação. Não é fácil. Precisamos saber se essas pessoas têm determinação de assumir essa missão”, disse, em entrevista ao Broadcast Político nesta quarta-feira (24).

Bivar também negou que o partido esteja negociando apoio à candidatura do ex-ministro e ex-juiz da Lava Jato, Sergio Moro, à Presidência no próximo ano. “Sergio Moro não conversou com o União Brasil. Não tive nenhuma conversa com ele”, garantiu.

O Broadcast/Estadão mostrou, no entanto, que Moro intensificou conversas nos últimos dias em busca de alianças para a campanha - o ex-ministro e dirigentes do Podemos estão em diálogo com quadros do União Brasil. Nos bastidores, aventa-se a possibilidade de Mandetta ser vice de Moro ou de o partido indicar um outro nome para a chapa.

Contato: brunol.santos@estadao.com

Para saber mais sobre o Broadcast Político, entre em contato com comercial.ae@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

MAIS NOTÍCIAS

Política
24/11/2021 10:20
Bolsonaro: Arthur Lira, muito obrigado pela deferência e pela forma que se relaciona conosco
Política
24/11/2021 10:11
CCJ do Senado inicia reunião para leitura do parecer da PEC dos precatórios

Copyright © 2021 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos