Política
15/07/2017 12:56

Manifestante é preso durante protesto na frente da casa de Doria


São Paulo, 15/07/2017 - Ao menos uma pessoa foi presa durante uma manifestação realizada na manhã deste sábado, 15, na frente da casa do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB). O jovem foi encaminhado pela Guarda Civil Metropolitana (GCM) ao 78º Distrito Policial (Jardins) por supostamente ter cometido dano ao patrimônio público. Segundo os organizadores, a prisão aconteceu no momento da dispersão.

Em vídeo publicado no Facebook pelo Levante Popular da Juventude, organizador da manifestação, é possível ver o momento em que o rapaz é segurado pelas pernas por membros da GCM. No vídeo, os guardas citam que imagens teriam captado o momento em que o rapaz supostamente pichou um muro da casa do prefeito.

Com início por volta das 10 horas, a manifestação é contrária aos pacotes de concessões e privatizações da gestão Doria. No local, os jovens seguravam uma faixa com a frase "Doria, SP não está à venda".

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, Doria somente se manifestará sobre o ocorrido em coletiva marcada para as 12 horas. Por volta das 11h30, não havia mais manifestantes em frente à residência.

Segundo a organização, o militante foi escolhido aleatoriamente pela GCM, sem haver provas do ato. Assessora do movimento, Natali Santiago estima que cerca de 200 pessoas participaram da manifestação, que reunia jovens e estudantes contrários à política de privatizações, concessões e modificação do passe livre do governo.

"Foi a abordagem truculenta, entraram puxando, agredindo o militante sem dar explicação", contou Natali Santiago. (Priscila Mengue)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos