Política
21/08/2019 11:35

Bolsonaro: se tiver que rever acordo do Mercosul, iremos rever


Por Fernanda Guimarães e Mariana Haubert

Brasília, 21/08/2019 - Em breve participação em evento do setor siderúrgico em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro disse que há, neste momento, preocupação em torno da situação da Argentina, depois da prévia das eleições presidenciais do país vizinho indicar derrota de Mauricio Macri. Segundo ele, dependendo de como for a postura da Argentina com a eleição de Alberto Fernández, o acordo do Mercosul poderá ser revisto e que o Brasil pode seguir o “caminho do bilateralismo”.

Bolsonaro disse que neste momento o resultado na corrida presidencial na Argentina ainda pode ser revertido. Ele pediu, até mesmo, colaboração da plateia nesse sentido, formada por executivos do setor do aço.

Na semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que, se o candidato da ex-presidente Cristina Kirchner vencer as eleições na Argentina e quiser fechar o Mercosul, atrapalhando o acordo com a União Europeia, o Brasil sairá do bloco.

Contato: fernanda.guimaraes@estadao.com e mariana.haubert@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos