Política
06/11/2018 17:40

Moro diz que não houve vazamento proposital de depoimento de Palocci


São Paulo, 06/11/2018 - O juiz Ségio Moro negou que tenha havido um "vazamento proposital" da colaboração premiada do ex-ministro Antonio Palocci durante a eleição presidencial. "Quando se divulga notícia falsa em eleição, é fake news. Quando são verdade, isso é direito à informação", afirmou Moro em coletiva de imprensa.

O juiz justificou a divulgação, feita no dia 1º de outubro, alegando que havia um processo no qual ele precisava proferir uma sentença após Palocci ter fechado delação com a Polícia Federal. "Não tinha sequer o direito de, por conta das eleições, deixar de tornar públicos aqueles fatos quando havia necessidade do processo", comentou.

Responsável por julgar os processos da Lava Jato até ser indicado como ministro, Moro negou por duas vezes durante a coletiva de imprensa que tenha condenado o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com base em objetivos políticos, argumento classificado por ele como uma "fantasia" e uma "álibi falso".

Fronteira. Sérgio Moro declarou ser contra o fechamento da fronteira com a Venezuela, mas falou que é necessário "verificar" o fluxo da entrada de imigrantes no Brasil e encontrar uma solução melhor para a crise que envolve a entrada de venezuelanos no País. (Daniel Weterman - daniel.weterman@estadao.com e (Mateus Fagundes, mateus.fagundes@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Político e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos