Economia & Mercados
25/02/2022 17:00

Exclusivo: Cotada a unicórnio, startup Omie planeja mais de 1,5 mil contratações para 2022


Por Elisa Calmon

São Paulo, 25/02/2022 - A startup Omie vai reforçar o time em 2022 enquanto compete para se tornar o próximo unicórnio brasileiro, nome dado às empresas com valor de mercado de ao menos US$ 1 bilhão. Com o caixa fortalecido pelo aporte de R$ 580 milhões liderado Softbank no ano passado, a fornecedora de serviços financeiros e de gestão para pequenas e médias empresas (PMEs) planeja oferecer mais de 1,5 mil vagas até dezembro - 250 delas já abertas.

A Omie é um dos 22 potenciais unicórnios brasileiros, segundo estudo produzido pela Distrito e divulgado com exclusividade ao Estadão/Broadcast nesse mês. Um dos fatores levados em consideração na análise é o crescimento da equipe. Se a meta de abertura de vagas para esse ano se confirmar, a startup irá dobrar o quadro de funcionários pelo segundo ano consecutivo.

Além do cheque robusto recebido pelo Softbank em rodada série C, a recuperação das PMEs, principais clientes da Omie, também impulsionam a onda de contratações, segundo o chefe de recursos humanos da empresa, Luiz Massad. "Estamos otimistas com o avanço da vacinação, demanda por digitalização e retomada econômica. Acreditamos que é hora de crescer para atender esse mercado muito amplo de pequenas e médias empresas", afirmou o executivo em entrevista exclusiva ao Broadcast.

Diante desse cenário, a Omie espera saltar de 100 franquias para 250 em 2022. Cada unidade contém cerca de cinco funcionários. "Levando em consideração essa conta, o número de vagas pode ser ainda maior do que previsto inicialmente", explica Massad. Ele destaca que após dois ou três dias de publicadas, as vagas chegam a somar entre 300 a 600 candidaturas.

Cerca de 60% das posições são voltadas para a área comercial e 40% para a de tecnologia, distribuídas por todo o Brasil. Mas a maior concentração ocorre no Sudeste e Sul, com oportunidades também em Fortaleza e na região metropolitana de Salvador. Os planos incluem ainda outros estados do Nordeste que não possuem franquias e também o centro-oeste, com foco em Mato Grosso.

A Omie avalia ainda ser cedo para se aprofundar quando o assunto é a expansão de receita para chegar ao valuation de US$ 1 bilhão. Mas vê o "o crescimento exponencial como um movimento natural para esse processo" de se juntar aos unicórnios brasileiros.

Contato: elisa.ferreira@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Siga nossas redes: