Economia & Mercados
21/06/2024 14:15

Fed e FIDC veem questões em planos de resolução de BofA, Citi, JPMorgan e Goldman Sachs nos EUA


O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) e a Federal Deposit Insurance Corporation (FDIC) informaram nesta sexta-feira, 21, que identificaram problemas nos planos de resolução de Bank of America (BofA), Citigroup, Goldman Sachs e JPMorgan Chase. As questões foram encontradas em uma revisão conjunta dos programas dos oito maiores bancos dos Estados Unidos, submetidos em julho de 2023.

O plano de resolução consiste em um documento no qual as instituições financeiras traçam as estratégias para uma solução ordenada de uma eventual quebra em caso de dificuldades financeiras.

Os problemas (classificados pelo termo em inglês shortcoming) representam fraquezas que levantam dúvidas sobre a viabilidade desses planos, de acordo com os órgãos reguladores.

No caso do Citigroup, o Fed e a FDIC discordaram da severidade das falhas. A FDIC entende que são uma "deficiência", isto é, uma fraqueza que poderia minar a viabilidade do plano.

O Conselho do Fed, por sua vez, considera que é apenas uma "shortcoming", um degrau de gravidade abaixo. Pelas normas americanas, quando há esse tipo de divergência, prevalece a avaliação do Fed.

As duas entidades enviaram cartas para cada um dos quatro bancos com problemas e determinaram que essas questões precisam ser resolvidas nos próximos planos de resolução, que sairão em 1º de julho.

"As cartas de feedback também especificam que cada banco, na sua apresentação do plano de resolução para 2025, deve abordar os tópicos do planejamento de contingência e da obtenção de ações governamentais estrangeiras necessárias para executar a estratégia de resolução", diz a nota.
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso