Economia & Mercados
17/09/2021 10:13

KPMG: Fusões e aquisições do setor de energia têm leve queda no primeiro semestre do ano


Por Leandro Tavares

São Paulo, 17/09/2021 - O número de fusões e aquisições do setor de energia teve uma queda de 4,5% no primeiro semestre do ano, em comparação com o mesmo período de 2020, passando de 21 para 22 operações, de acordo com pesquisa realizada pela KPMG.

Do total de operações fechadas no período, 18 foram domésticas e três do tipo CB1 (estrangeiro adquirindo empresa do Brasil).

"No ano passado, a indústria de energia foi uma das poucas que se manteve em destaque em fusões e aquisições, ficando em quinto lugar. O que vimos nesses seis primeiros meses do ano é que, apesar da leva queda, o setor se manteve estável, seguindo o fluxo de recuperação. O destaque ficou novamente para as operações domésticas, o que indica o mercado interno aquecido", diz o sócio da KPMG, Paulo Guilherme Coimbra.

Brasil

No primeiro semestre deste ano, as empresas brasileiras realizaram 804 operações de fusões e aquisições, um aumento de mais de 55% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram fechados 514 negócios, registrando o melhor semestre dos últimos 10 anos.

Contato: leandro.tavares@estadao.com
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2022 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos