Agronegócios
27/05/2018 18:08

Blairo Maggi: economia está sendo asfixiada; estamos na iminência de grave conflito social


Ribeirão Preto, 27/5/2018 - O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, demonstrou há pouco preocupação com a paralisação de caminhoneiros no País. Segundo o ministro, com o movimento, que completa sete dias neste domingo, "a economia brasileira está sendo asfixiada. Todos estamos na iminência de um grave conflito social", relatou em um comunicado. "A saída está na política, mas é necessário algum tempo".

O ministro admite não saber a resposta ao ser indagado sobre o fim da paralisação, mas que o governo está trabalhando para achar uma saída. "Mas o problema é econômico e político ao mesmo tempo. O governo estuda como atender uma nova pauta de reivindicações enviada por 'lideranças' do movimento, mas não se sabe exatamente com quem finalizar esta negociação", informou Maggi.

Segundo o ministro, "o bom senso deve prevalecer", com a suspensão por 15 dias do movimento até que haja o abastecimento do País. Maggi cita que fábricas de ração estão paradas os alimentos não chegam aos animais. "Pelo lado da agricultura e pecuária, as coisas estão fora de controle, bilhões de aves e suínos estão ameaçados de morte por falta de alimentos. Navios (estão) esperando para embarcar mercadorias para a exportação", explicou.

Por fim, Maggi cita que o Ministério da Agricultura participa do comitê de crise, tenho ouvido todos os lados e "todos têm razão", relatou "Daí vem a necessidade de uma trégua e de diálogo contínuo sem radicalização". (Gustavo Porto - gustavo.porto@estadao.com)
Para ver esta notícia sem o delay assine o Broadcast Agro e veja todos os conteúdos em tempo real.

Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados para o Grupo Estado.

As notícias e cotações deste site possuem delay de 15 minutos.
Termos de uso
Inscreva-se!
Receba no seu email newsletters e informações sobre nossos produtos